O prefeito de  Água Branca, Tom, do Republicanos, partido da base do governador João Azevedo, fez duras criticas ao Governo do Estado e anunciou apoio a pré-candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado.Tom  , do Republicanos,   defendeu o nome de Pedro para que a região da Serra do Teixeira receba os investimentos necessários para seu desenvolvimento, já que hoje se encontra abandonada pela administração estadual.

“A relação com o atual governador é péssima. Água Branca e toda microrregião da Serra do Teixeira estão abandonadas. É uma situação deplorável, com escola estadual caindo aos pedaços, a Cagepa que não acompanha o desenvolvimento da cidade e não consegue fazer uma boa distribuição de água. Não temos nada para apontar como investimento do Governo do Estado por aqui”, disse o prefeito Tom.

O gestor deposita em Pedro a possibilidade de um novo futuro para a região. “Vejo Pedro como uma esperança para nosso Estado. É uma pessoa jovem e trabalhadora, que vai nos tirar dessa mesmice e das mentiras que vivemos com o atual governo. Sempre acompanhei o trabalho de Pedro enquanto deputado federal e admiro seus ideais. Precisamos de sangue novo e Pedro tem vontade e disposição para trabalhar em conjunto com os prefeitos para melhorar a vida da população”.

Pedro recebeu mais esta adesão com entusiasmo e defendeu um novo momento para o Sertão e toda Serra do Teixeira. “Fico muito feliz em ter o apoio do prefeito Tom, um gestor íntegro, que não se vende, que acredita em um novo momento para Água Branca e toda Região da Serra do Teixeira, que está esquecida pela administração do Estado.

Por onde andamos as pessoas cobram inclusive a presença do governador, que vive na Granja Santana e parece desconhecer o Estado que prometeu administrar. Precisamos recuperar as escolas, hoje sucateadas. Precisamos garantir uma segurança pública eficiente, aumentando efetivo e valorizando o policial. E precisamos fortalecer as vocações econômicas dos municípios, fazer nosso Sertão desenvolver para gerar emprego e renda para sua gente”, disse o pré-candidato.

Por Marcelo José